A guerra das caronas: a briga da Uber com os táxis na Europa

A guerra das caronas: a briga da Uber com os táxis na Europa

Nota: O seguinte artigo irá ajudá-lo com: A guerra das caronas: a briga da Uber com os táxis na Europa

Após as recentes greves na Espanha, e com o MWC ao virar da esquina, Barcelona não podia permitir uma guerra em suas ruas. Uma nova lei publicada pela Generalitat de Catalunya parece ter resolvido esta situação, pelo menos temporariamente. O novo regulamento estabelece que aplicativos de transporte como o Uber devem ser reservados com pelo menos 15 minutos de antecedência, período que pode ser estendido até uma hora conforme ditado pelas administrações locais. Diga adeus a abrir o aplicativo do Uber na rua e esperar encontrar uma carona imediatamente.

Em hipótese alguma os Ubers podem circular vazios: ao final de um serviço, devem retornar imediatamente a uma garagem ou estacionar na rua. Motoristas não podem circular em busca de clientes. Além disso, a geolocalização só pode ser ativada após a reserva de um serviço de carona.

Não demorou muito para que o gigante das caronas se decidisse. Uma vez que a Generalitat cedeu à chantagem dos táxis, os VTCs (como são conhecidos em espanhol – Veículo de Turismo com Condutor – ‘veículos de turismo com motorista’) terão que deixar a cidade de Barcelona. Um porta-voz da Cabify, concorrente do Uber na Espanha, Portugal e América Latina, disse que não há estrutura competitiva para negócios em Barcelona no momento. Tanto a Cabify quanto a Uber já anunciaram que deixarão de operar na capital catalã.

Apesar de toda a polêmica, essas medidas nada mais são do que um band-aid temporário, aguardando a chegada da lei definitiva que regulamenta tanto o setor de táxi quanto os serviços de carona.

Tradução do tweet:

A situação nas principais cidades europeias

Assim, por enquanto, os taxistas venceram a batalha contra Uber e Cabify na capital catalã. Mas o que está acontecendo nas outras capitais europeias? A batalha é tão complicada? Abaixo, analisamos a situação da Uber em outros países.

Londres – Reino Unido

Na capital britânica encontramos um mercado bastante liberalizado, onde os táxis tradicionais (black cabs) convivem com outras opções. Primeiro vieram os minicabs – veículos que oferecem viagens para aeroportos ou grandes estações por um preço fixo e que podem ser reservados por telefone.

A Uber opera em Londres desde 2012, apesar de a Câmara Municipal ter recusado sua licença há dois anos devido a um problema com a legislação trabalhista dos motoristas. A Uber recorreu e voltou a funcionar.

Como reagiu o setor de táxis? Com protestos e manifestações, exigindo que os motoristas do Uber tenham as mesmas obrigações trabalhistas e legais dos taxistas tradicionais. Não só isso, mas tentou se adaptar aos tempos com aplicativos modernos no mesmo nível do Uber, então pedir um táxi agora é mais fácil.

O futuro ainda não está claro, pois há questões legais que ainda não foram resolvidas. Apesar disso, e como o mercado é muito liberalizado, a Uber provavelmente obterá uma licença definitiva para operar livremente na cidade.

uber 01A Uber tem uma boa frota em Londres. / © Spectral-Design / Shutterstock

Berlim, Alemanha

Na Alemanha, a Uber opera apenas em Berlim, Munique, Düsseldorf e, nas últimas semanas, Frankfurt. Foi lançado na capital alemã em 2013 com o Uber Black (motoristas profissionais para carros de luxo), mas foi banido, juntamente com o Uber POP (táxis não licenciados) em 2014. Desde 2016, funciona como Uber X.

As condições são bastante claras: as pessoas não podem fazer viagens em carros particulares, pois os motoristas precisam ser profissionais com habilitação específica como taxistas. Isso levou a Uber a subcontratar empresas de aluguel de carros com motoristas profissionais para atender ao padrão. Essa limitação significa que a Uber está presente apenas em cidades onde a frota de aluguel de carros é grande, e tem sido uma barreira para sua expansão em todo o território alemão.

Taxti táxi aplicativo de condução de carro carsharing 05

Assim como a recente legislação aplicada em Barcelona, ​​a Uber deve operar sob a obrigação de devolver os veículos às garagens após o turno. Isso ocorre, em tese, porque é difícil de comprovar e os taxistas informam que não está sendo cumprido. Há uma exceção a essa regra: se você estiver de volta à garagem e receber outro pedido, poderá aceitá-lo.

A relação com os taxistas tem sido ambígua desde então. Embora muitos reclamem dos prejuízos econômicos causados ​​pela entrada do Uber, existe a possibilidade de usar o aplicativo para fornecer clientes aos taxistas em troca de uma comissão de 7%. Desta forma, os táxis que utilizam este serviço pagam 7% à Uber. O serviço é chamado UberTaxi.

Paris, França

Na França, os motoristas do Uber lutam na justiça para serem reconhecidos como assalariados. Eles reclamaram das longas jornadas de trabalho, da falta de tarifa mínima e da falta de incentivos fiscais para os motoristas de táxi… O Ministério dos Transportes francês está tentando encontrar possíveis soluções para o problema.

Por sua vez, os taxistas fizeram protestos contundentes, bloqueando as principais vias da cidade, bem como o aeroporto Charles de Gaulle. Este é um local particularmente controverso, pois as reclamações sobre o estacionamento de veículos Uber em áreas proibidas são agravadas pelo problema dos táxis piratas.

uber 02

Em dezembro de 2018, a Comissão Nacional de Tecnologia da Informação e Liberdades multou o Uber em 400.000 euros por expor os dados de 1,4 milhão de usuários franceses. Um problema que afetou usuários em todo o mundo, mas a França decidiu sancionar a empresa.

Apesar de ter uma regulamentação bastante clara, a situação é muito tensa, com episódios de agressões e prisões por parte da polícia. A França não define um número limitado de carros de serviço de carona, mas sim para táxis. Paris tem uma frota de 19.000 táxis contra 14.200 Ubers ou rivais: longe da famosa proporção 1/30 exigida pelos taxistas (Madri, por exemplo, tem 15.700 táxis contra 1.500 VTCs).

Bruxelas, Bélgica

Na capital da Bélgica, o judiciário diz que o Uber deve ser ilegal se não tiver a mesma licença de um táxi e a clássica luz verde que mostra se está livre de passageiros. Se não cumprir este requisito, cada viagem ilegal pode ser sancionada com uma multa até 10.000 euros, embora na realidade estas multas raramente sejam aplicadas.

A Uber alega que essa medida afeta apenas o Uber Pool, que não está operacional desde 2015. O caso está sendo estudado e, por enquanto, o Uber X está funcionando normalmente. Tenha em mente que em Bruxelas você não pode levantar um braço e puxar um táxi, você deve ir a um ponto de táxi dedicado. Isso torna o serviço do Uber muito popular.

Então o que o futuro reserva?

Devemos ser lembrados de que esta não é uma guerra do bem contra o mal. Os taxistas não precisam mais conhecer as ruas de uma cidade de cor, e estamos além dos dias em que (às vezes) você não podia confiar se eles fizessem o caminho mais curto. Os tempos mudaram e os smartphones e aplicativos devem facilitar nossas vidas. Adapte-se ou morra, eles dizem. É isso que a indústria do táxi deve fazer, assim como os músicos tiveram que fazer após a chegada do streaming de música ou dos jornais desde a existência das versões digitais.

Por outro lado, e apesar de ser a favor de serviços como o Uber, acredito que as autoridades não podem largar o setor dos táxis. Não gosto de estar nas mãos de reguladores, mas tenho ainda mais medo de estar nas mãos de grandes empresas de tecnologia. O que aconteceria em um futuro sem táxis com preços regulados, nos quais o Uber não tivesse concorrência? Você não acha que aumentaria os preços à vontade? É aí que a legislação tem que lutar para não dar poder às grandes corporações multinacionais. Ah, e outra questão é como e onde eles declaram seus impostos…

taxista androidpit

Por enquanto, o setor de táxis e o Uber estão sendo forçados a coexistir. E espero que continuem assim! E você, acha que é possível? Você acha que o setor deveria ser regulamentado de forma mais eficaz? Deixe-nos saber nos comentários.