Apple não permite que nos filmes, o mau da fita use um iPhone, eles que usem Android

A Apple, assim como muitas outras empresas, não se importa (e muitas vezes até apoia) o uso dos seus produtos, serviços e marcas no cinema e na TV. Em muitos filmes vemos atores que usam Apple Watch, ouvimos os toques de telefone nas cenas que são o do iPhone, os auscultadores que são os da Apple e outras pistas colocadas com o propósito certo. A empresa tem exigências para que os seus produtos apareçam só em determinadas condições.

Numa revelação muito interessante, o diretor do filme Knives Out, Rian Johnson, refere que, o mau da fita não pode usar um iPhone. Mas há mais revelações interessantes.

Imagem iPhone aparece nos filmes mas não na mão dos vilões

O mau da fita não usa iPhone

Faz parte as marcas comerciais apoiarem as produções cinematográficas. Assim, nas imagens podem aparecer produtos, serviços ou até pequenas mensagens subliminares sobre uma empresa. Inclusive, há marcas que usam esta plateia para revelar, de forma “meio encapotada”, novos produtos e conceitos. Não faltam bons exemplos.

Numa entrevista à revista Vanity Fair, o diretor Rian Johnson revelou que a Apple não permite que os seus produtos apareçam num filme a serem usados por um vilão.

Eles deixam usar iPhones nos filmes mas, e isso é muito importante, se estiver a ver um filme de suspense, os vilões não podem ter iPhones.

Nesta entrevista, Rian Johnson desvenda ainda outras particularidades. No vídeo, que pode ver a seguir, o diretor do filme conta muitas ideias sobre como o Knives Out ganhou vida. Contudo, talvez o mais interessante seja a revelação do iPhone. Aliás, o próprio Johnson hesita em revelar a pista, pois tem implicações abrangentes para uma infinidade de filmes, incluindo outros dele no futuro.

Este é um momento interessante de pequenas revelações. Aliás. Johnson claramente diverte-se a divulgar este “spoiler”. Ele diz mesmo, em tom de brincadeira, que de agora em diante todos os cineastas o vão querer matar.

Para a Apple, o vilão tem de usar um Android?

É curioso, mas não surpreendente, que os esforços da Apple cheguem ao ponto de exigir uma proibição completa dos maus da fita a usar os seus produtos. Como tal, por natureza, força todos os vilões a serem identificados como utilizadores Android ou Google.

Johnson tem vários momentos em que usa e fala dos produtos Apple. Aliás, ele criou recentemente um curta-metragem onde usou apenas o iPhone 11 Pro.