China construirá centro espacial e mais satélites para o Paquistão

China construirá centro espacial e mais satélites para o Paquistão

Nota: O seguinte artigo irá ajudá-lo com: China construirá centro espacial e mais satélites para o Paquistão

A China anunciou planos para aumentar a cooperação espacial com o Paquistão, incluindo o desenvolvimento de um centro espacial e o lançamento de mais satélites. Um white paper intitulado “Programa Espacial da China: Uma Perspectiva 2021”, divulgado pelo Conselho de Estado ou pelo Gabinete Central, descreve os futuros planos de expansão para a florescente indústria espacial da China, que lançou com sucesso missões para a Lua e Marte.

China construirá centro espacial e mais satélites para o Paquistão

A China está atualmente construindo sua própria estação espacial, que deve estar pronta até o final deste ano. O white paper revelou que a China concluiu a entrega em órbita do Satélite de Sensoriamento Remoto do Paquistão (PRSS-1), do Satélite de Sensoriamento Remoto da Venezuela (VRSS-2), do Satélite de Sensoriamento Remoto do Sudão (SRSS-1) e do Satélite Argelino. Satélite de Comunicações (Alcomsat-1).

Veja também: Tim Cook CEO da Apple assinou secretamente um acordo de US$ 275 bilhões com a China

A China forneceu serviços de transporte ou lançamento de satélites para muitos países, incluindo Paquistão, Arábia Saudita, Argentina, Canadá, Brasil e Luxemburgo.

Além disso, a China conduziu cooperação em produtos espaciais e tecnologia com países, incluindo Rússia, Ucrânia, Bielorrússia, Argentina, Paquistão e Nigéria.

Em 2018, a China ajudou o Paquistão a lançar dois satélites – o primeiro satélite óptico de sensoriamento remoto PRSS-1 do Paquistão e uma nave de observação menor PakTES-1A. Em 2019, os dois países assinaram um acordo sobre exploração espacial, marcando uma nova fase na cooperação científica espacial entre os aliados próximos.

Confira também: China Unicom é banida na América por problemas de espionagem

Table of Contents