Como voc√™ cria um emoji? √Č assim que esses √≠cones chegam √†s nossas telas

Os emojis quase se tornaram uma linguagem universal. Não importa onde estamos, ou com quem eles possam estar presentes e compreendidos. Graças à sua existência, muitas vezes podemos nos comunicar melhor e mais claramente.

Afinal, eles s√£o √≠cones facilmente reconhec√≠veis, cujo significado pode ser interpretado em qualquer idioma. Portanto, eles se tornaram um fen√īmeno global que faz parte do cotidiano de qualquer pessoa em contato com a web.

A origem dos emojis

Como voc√™ cria um emoji? √Č assim que esses √≠cones chegam √†s nossas telas 1

Embora agora se sinta que eles sempre estiveram l√°, a verdade √© que houve um tempo em que eles n√£o existiam. Os primeiros emojis ocorridos com as conjun√ß√Ķes eram sinais comuns da escrita para "se assemelhar" ao m√°ximo poss√≠vel √†s emo√ß√Ķes humanas. Por exemplo: ūüôā ūüėÄ (Feliz) – ūüôĀ: c (Triste) ->: / (Irritante) – ūüėģ (Surpreso), etc.

Essa pr√°tica tornou-se comum e a partir da√≠ a necessidade de ter emojis nasceu. Inicialmente, eles apareceram na tela como resultado das conjun√ß√Ķes de sinais mostradas acima. No entanto, isso gerou um conflito, j√° que o que era um emoji em uma equipe n√£o estava necessariamente em outra.

Aqui nascem os emojis

Como voc√™ cria um emoji? √Č assim que esses √≠cones chegam √†s nossas telas 2

Para evitar esses problemas, nasceu o que hoje conhecemos como Consórcio Unicode. Desde 2010, este se tornou o órgão regulador que determina o que é um emoji e o que não é.

Atualmente, existem mais de 3.000 emojis gerenciados por Unicode. Esse n√ļmero n√£o √© mais amplo devido aos controles que cada ideia deve passar antes de ser executada.

Para que um emoji seja considerado como tal, ele deve primeiro mostrar seu valor individual. Ou seja, é necessário que você tenha suporte suficiente de usuários ou culturas para ser incluído no grupo de emoticons oficiais.

Como voc√™ cria um emoji? √Č assim que esses √≠cones chegam √†s nossas telas 3

Em alguns casos, o processo é simples, como quando falamos de sinalizadores. Aqui, se você tiver um, precisará começar a desenvolver todos os outros. Portanto, o trabalho é apenas preencher gradualmente o pacote até que todos estejam incluídos.

No entanto, em outras ocasi√Ķes, um emoji n√£o est√° intimamente ligado ao outro, portanto, voc√™ deve provar seu valor individual. Talvez um exemplo disso possa ser a chegada do unic√≥rnio no setor animal. De fato, n√£o √© uma criatura real, mas sua popularidade e uso di√°rio – especialmente nos mais jovens – √© tal que come√ßou a ser necess√°rio ter um emoji para represent√°-lo.

Além disso, outra tarefa do Unicode é criar os códigos através dos quais os emojis podem ser identificados entre os dispositivos. Simplificando, eles são a razão pela qual, se você enviar um rosto sorridente para seus amigos, eles receberão o mesmo emoji com um rosto sorridente e não muitos códigos ininteligíveis.

Se s√£o iguais, por que parecem diferentes?

Como voc√™ cria um emoji? √Č assim que esses √≠cones chegam √†s nossas telas 4

Qualquer dispositivo ou sistema que você obtém, ele funcionará tanto quanto os emojis sob os códigos e regulamentos do Unicode. No entanto, é verdade que de uma equipe para outra os emoticons podem mudar um pouco e às vezes até deixam de ser tão perfeitos para a ocasião quanto pareciam em nossos dispositivos.

Nesses casos, é necessário destacar que o Unicode não teve nada a ver. O fato de ambos os dispositivos se reconhecerem implica que existe um código comum. No entanto, o que varia são as preferências das empresas que fornecem o equipamento ou os serviços de courier.

Simplificando, os emojis mudam um pouco a aparência devido às diferentes preferências estéticas das empresas. Mas, basicamente, todos são exatamente os mesmos emojis aprovados pelo Unicode.

E o que acontece se o emoji que estou procurando n√£o existir?

Como voc√™ cria um emoji? √Č assim que esses √≠cones chegam √†s nossas telas 5

Como dissemos, existem mais de 3.000 emojis agora. O Unicode acredita que criar um emoji para cada objeto no universo levaria as coisas longe demais. Portanto, nem tudo o que buscamos aparecer√° necessariamente nessa extensa lista.

No entanto, se realmente queremos ou precisamos, não encontrá-lo pela primeira vez não significa que nunca possamos vê-lo lá. Um detalhe tão interessante quanto o Unicode é que qualquer pessoa tem a possibilidade de propor um emoji.

Só é necessário entrar em contato com a organização e explicar os motivos pelos quais seria necessário incluir o emoji na lista Unicode. Caso tudo corra bem, em alguns meses eu já poderia estar desenvolvendo o emoji que você precisava para se expressar.

Um exemplo disso √© o caso de Natalia Lin, que no ano novo chin√™s de 2017 descobriu que n√£o tinha os emojis – de elementos ic√īnicos da cultura chinesa – necess√°rios para celebrar com sua fam√≠lia e mostrar afeto. Ent√£o, no mesmo ano em que ele os sugeriu para o Unicode e, no novo ano de 2018, ele j√° os tinha dispon√≠veis para expressar √† sua fam√≠lia e amigos quantos os apreciava.

Um emoji pode desaparecer?

Como voc√™ cria um emoji? √Č assim que esses √≠cones chegam √†s nossas telas 6

Não. Isso não é um problema para se preocupar. Embora existam alguns mais populares que outros, não há nenhum que tenha zero por cento de uso. Portanto, removê-lo pode acabar sendo prejudicial Рcomo remover uma letra como K do teclado, mesmo que raramente seja usada, ainda é necessário.

Devido a esse pensamento, uma vez que um emoji tenha conseguido entrar no grupo, ele nunca deixará esse grupo. Talvez seja por isso que os controles Unicode sejam tão extensos. Basicamente, a decisão de adicionar um emoji é irrevogável, por isso é uma disposição que deve ser refletida adequadamente.