Confirmado! Há mesmo um novo Pocophone pronto e prestes a ser lançado

Um dos smartphones de maior sucesso da Xiaomi foi o Pocophone F1. Com várias caraterísticas únicas, alia um custo muito baixo a um conjunto de hardware com elevado desempenho.

Depois de tudo o que este smartphone trouxe, esperava-se que a marca trouxesse um sucessor, mantendo as caraterísticas que o destacaram antes. Isso teimava em não acontecer, mas agora tudo estará esclarecido. A marca já anunciou que há um novo Pocophone a caminho.

Pocophone F2 Xiaomi smartphone Poco

Há um novo Pocophone F2 a caminho

Nas últimas semanas têm crescido os rumores e as possíveis certezas de um novo smartphone da Xiaomi. A marca chinesa esteve a preparar a chegada desta nova proposta, de forma que acabaram por ser óbvias. A mais direta destas foi o registo da marca Poco, e a confirmação de que a iria libertar.

Houve também várias indicações, quer via Twitter, quer de outras formas, que este novo F2 estaria já a ser preparado. Existiram ainda provas óbvias de como será o novo design deste equipamento que a marca vai lançar.

Agora, e mais uma vez via Twitter, a nova marca veio a público revelar mais informações. Chama-lhe a segunda temporada e é óbvio do que se trata. Falamos do próximo smartphone que a marca vai lançar, o primeiro em nome próprio.

Um novo smartphone da Poco, a nova marca da Xiaomi

Numa carta aberta aos seus utilizadores, a Poco quis agradecer a todos a sua dedicação e empenho em tornar esta marca e o seu smartphone como líder de vendas no seu segmento de mercado. Revelou ainda o trabalho feito para o criar desta forma.

Abriu igualmente a porta ao futuro da marca. Revelou que nos últimos meses os seus esforços focaram-se na criação do que será o seu sucessor. Explicou os sucessos e os insucessos que surgiram, para chegar ao que pensam ser uma nova proposta de excelência.

Resta assim esperar mais algum tempo para que a Poco, agora independente, apresente o sucessor do Pocophopne F1. Não se sabe ainda mais nada sobre esta futura proposta, mas espera-se que siga a linha do antecessor, dado o seu sucesso.