Os sites de sa√ļde compartilham seus dados com Facebook e Google

Pesquisas sugerem que as redes sociais podem ser prejudiciais √† sa√ļde mental, incluindo a promo√ß√£o da ansiedade, depress√£o e diminui√ß√£o da autoestima, entre outros efeitos.

Atualmente, o uso da Internet tornou-se praticamente indispens√°vel para todos, no entanto, devemos ter em mente que nem tudo que voc√™ v√™ ou compartilha na Web √© t√£o privado quanto a maneira como aqueles do outro lado manipulam suas informa√ß√Ķes. Nesse sentido, pode haver certos modelos de neg√≥cios, como sites m√©dicos aparentemente confi√°veis, que nos fazem supor que nossas informa√ß√Ķes s√£o seguras; no entanto, um novo relat√≥rio indica que essa √© uma das principais mentiras que enfrentamos.

Um relat√≥rio de Tempos financeiros salienta que os sites m√©dicos compartilham nossas informa√ß√Ķes de sa√ļde com grande tecnologia, como Facebook ou Google, para citar alguns. Deve-se notar que a an√°lise referente aos sites no Reino Unido, no entanto, n√£o est√° descartado que os dados e sites dos Estados Unidos estejam realizando essas pr√°ticas.

A an√°lise refere-se a sites famosos como o WebMD, uma p√°gina m√©dica conhecida por todos que envia informa√ß√Ķes aos seus anunciantes, como conseq√ľ√™ncia, quando voc√™ insere seu Facebook ou conta do Google "surpreendentemente", voc√™ encontra an√ļncios ou informa√ß√Ķes relacionadas √†s suas pesquisas. N√£o, n√£o √© por acaso.

Outras p√°ginas citadas no estudo s√£o Babycenter ou Drugs do Reino Unido, que de acordo com a fonte tamb√©m vendem informa√ß√Ķes sobre sa√ļde, como diagn√≥stico, hist√≥rico m√©dico e dados pessoais, a essas tecnologias que posteriormente o bombardeiam com informa√ß√Ķes e an√ļncios relacionados.

Talvez muitos pensem que isso n√£o deveria acontecer no Reino Unido, onde existem regulamentos como o GDPR que garantem a privacidade dos usu√°rios europeus.

A fonte tamb√©m aponta que a UE classifica os sites de sa√ļde como "informa√ß√Ķes confidenciais", por isso deve ser ainda mais rigoroso com o monitoramento desses sites.

Infelizmente, todos nós estamos sendo observados pela Web e os anunciantes fazem uso do modelo de negócios de Facebook e o Google para receber os principais clientes, mesmo que nossa privacidade pague o preço.